Buscar

Festival de Brasília do Cinema Brasileiro: mais de 50% de direção feminina na Mostra Competitiva


A 51ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro 2018 terá mulheres representando 52,4% da direção dos filmes selecionados para a Mostra Competitiva, que ocorre entre 14 e 23 de setembro. Isso tem a ver com o momento atual e com o desejo do festival de valorizar a diversidade.

Além das mulheres estarem em evidência na edição deste ano do Festival, o protagonismo feminino no cinema será celebrado com o Prêmio Leila Diniz, que será entregue à atriz, produtora e dramaturga Íttala Nandi e à montadora Cristina Amaral, que vão compor também o júri da Mostra Competitiva. "Leila Diniz não é só uma figura do cinema brasileiro, mas do Festival de Brasília. Esse não é simplesmente um prêmio para atrizes, mas a ideia é mostrar pessoas que tenham representação no audiovisual", explica o curador Eduardo Valente. A edição ainda prestigia o professor e crítico de cinema Ismael Xavier e Walter Mello, um dos idealizadores do Festival, ambos com a medalha Paulo Emílio Salles Gomes em seu terceiro ano.

Ao todo, o Festival terá mais de 120 longas divididos em mostras paralelas e competitivas exibidas do Cine Brasília a espaços em 13 regiões administrativas do DF. Serão nove longas e 12 curtas na seleção da Mostra Competitiva, que dará prêmios de cachê de seleção de até R$ 15 mil. Também há a Mostra Brasília para celebrar a produção local.

Três mostras compõem a parte paralela. A arte da vida: em que os processos criativos dos personagens estão mesclados às próprias vidas; Onde estamos e para onde vamos?: quatro documentários que apontam a trajetória política e social do Brasil; e Festival dos festivais: obras que foram lançadas em outros eventos cinematográficos em 2017.

A programação contempla ainda duas mostras especiais: Futuro Brasil (seis produções em processo de finalização) e Caleidoscópio (busca por colocar em evidência o cinema de invenção, celebrando e premiando esse tipo de produção).

O Festival terá ainda alguns eventos correlatos ocorrendo simultâneamente: o FestUni (segunda edição do festival universitário); Festivalzinho; Cinema Voador (com exibição de curtas e longas premiados na Mostra Brasília); Sessão Homenagem com exibição do filme Lance maior (1968), de Sylvio Back, e presença do protagonista Reginaldo Faria; e uma mostra dedicada à produção afrobrasileira.

O aplicativo, lançado no passado, continua sendo alimentado neste ano: disponibilizando informações como programação, contabilização de votos de júri popular, indicação de roteiros turísticos e outras ferramentas.

Atividades formativas

Pensando na formação do cenário audiovisual, as atividades formativas estão de volta e contemplam painéis setoriais, debates, master class, conversas livres e oficinas, com inscrições abertas a partir de 10 de agosto até o dia 25.

Após o sucesso no ano passado, o Ambiente de Mercado chega à segunda edição com programação de 19 a 21 de setembro com painéis, key note, seminário Film comission, rodada de negócios, conversa com players e pitchings abertos, no Complexo Cultural da República, na Esplanada dos Ministérios.

Haverá a venda do Passaporte de Ambiente de Mercado no valor de R$ 120, que dará acesso às rodadas de negócios. Já estão confirmadas as presenças dos players Canal Brasil, Canal Curta!, Cine Brasil TV, FOX, Downtown Filmes, Encripta, Viacom, TV Escola, NBC Universal, Looke, entre outros.

Fonte:Correio Braziliense

#Notícias

Envie uma mensagem

  • ABRA - Facebook
  • ABRA Instagram
  • ABRA Twitter
  • Youtube ABRA

Telefone: 61 9 9250-5315

E-mail: contato@abra.adv.br

 

Brasília - DF

 

 

Site criado em 2018 pela Navegar Consultoria | Atualizado em 2018 pela ABRA