Buscar

Mulheres e as dificuldades que geram ideias


Apesar de a Constituição Federal, a lei nº 9.029 e a Convenção da Organização Internacional do Trabalho (OIT nº 111) proibirem qualquer tipo de discriminação no emprego ou profissão, seja para admissão ou manutenção da condição de trabalho, a realidade mostra que a volta ao mercado após a maternidade é difícil. Muitas empresas deixam de contratar, sem deixar claro que a decisão foi influenciada por este motivo. Inspirados nesta questão e nas crescentes denúncias de discriminação de mães na busca por voltar formalmente ao mercado de trabalho, a agência TeamWorker, especializada em comunicação corporativa, desenvolveu a plataforma “Contrate uma mãe”: um banco de currículos específico mulheres com filhos.

O projeto visa auxiliar as mães brasileiras a voltar à vida economicamente ativa de contratação formal, enaltecendo as qualidades pessoais que se fortalecem e florescem com a maternidade. Na plataforma, as mães podem cadastrar o seu currículo, marcar as áreas de interesse e dizer quais habilidades ganhou graças à maternidade. O site do projeto faz acontecer o networking entre empresas parceiras que adotaram a causa e os currículos das mães cadastradas. E ainda conta com uma área de dicas para ajudar no planejamento e execução da volta ao trabalho.

Saiba mais em: http://www.contrateumamae.com.br/

#Notícias

Envie uma mensagem

  • ABRA - Facebook
  • ABRA Instagram
  • ABRA Twitter
  • Youtube ABRA

Telefone: 61 9 9250-5315

E-mail: contato@abra.adv.br

 

Brasília - DF

 

 

Site criado em 2018 pela Navegar Consultoria | Atualizado em 2018 pela ABRA