Buscar

Violência no trabalho - assédio moral e as mulheres


Assédio moral é a violência sofrida no ambiente de trabalho, na qual uma parte atinge outra por meio perturbação psicológica: humilhação, redução de auto-estima, diminuição de sua existência como pessoa, marginalização. Como violência psicológica que é, o assédio moral atenta contra a honra, a vida privada, a imagem e a intimidade do agredido, e outros direitos fundamentais, bens imateriais protegidos pela Constituição Federal.

Tendo isto claro, é possível observar em diversos ambientes, que essa prática acontece com certa frequência, e que tem diferença de ocorrências com mulheres e homens. Por questões culturais, segundo pesquisas dos próprios tribunais regionais do trabalho, essas práticas costumam ocorrer com maior regularidade para com mulheres.

Mas não é só isso. É notável também o número de episódios de assédio de mulheres para mulheres também é alarmante. Dentro do mês que abriga a campanha que traz à tona a discussão sobre a violência contra a mulher, é preciso discutir quando essa violência acontece vinda de outra mulher.

O assédio moral não se caracteriza somente de um superior para um subordinado (conhecido como assédio moral vertical). Mas também pode ocorrer entre pessoas de mesmo patamar hierárquico (o chamado assédio moral horizontal). É uma prática que traz danos ao ambiente de trabalho e à vida pessoal do assediado e precisa ser combatida.

Fontes: Migalhas, TST, Admin

#Notícias

Envie uma mensagem

  • ABRA - Facebook
  • ABRA Instagram
  • ABRA Twitter
  • Youtube ABRA

Telefone: 61 9 9250-5315

E-mail: contato@abra.adv.br

 

Brasília - DF

 

 

Site criado em 2018 pela Navegar Consultoria | Atualizado em 2018 pela ABRA